Dentro do consagrado Projeto Verena, Senac promove treinamento sobre Certificação por Competência com especialista alemão

O Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, está promovendo, de hoje (8) a quinta-feira (11), a primeira etapa do Treinamento para Formação de Bancas Avaliadoras, no Hotel-Escola Senac Barreira Roxa. A iniciativa faz parte do Projeto Verena, parceria desenvolvida com a Câmara de Comércio e Indústria da cidade de Trier (EIC Trier), na Alemanha, e conta com a participação de instrutores, empresários e representantes de entidades ligadas ao segmento de turismo e hospitalidade do estado.


O expert alemão, Christian Reuter, irá demonstrar como ocorre o sistema de avaliação com bancas na Alemanha, auxiliando o Senac a construir um modelo de trabalho para o Rio Grande do Norte com foco na certificação para as ocupações de Cozinheiro, Garçom, Recepcionista e Camareira em Meios de Hospedagem. Ao longo do curso, serão discutidos indicadores e técnicas de avaliação, bem como realizadas atividades práticas.

As Bancas Avaliadoras fazem parte de um método de ensino chamado “Dual”, utilizado na Alemanha, país que tem a formação profissional reconhecida como uma das melhores do mundo. Este Sistema alia aulas na escola à experiência profissional, para obtenção de uma qualificação diferenciada.


Ao final do curso, além dos exames finais, os alunos são submetidos a uma Banca formada por empregados, empresários da área e instrutores, a fim de verificar se estão aptos ao ingresso no mercado de trabalho.

Segundo o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, o objetivo da capacitação é verificar formas de aprimorar o nível de conhecimento dos alunos do Senac RN, aproximando, cada vez mais, os conteúdos aprendidos na escola às reais necessidades do mercado.

“O Sistema Dual de ensino profissionalizante é consagrado na Europa e tem como maior vantagem formar profissionais em perfeita sintonia com o mercado. Desde que o conhecemos, há cerca de quatro anos, estamos buscando formas de adaptá-lo à realidade brasileira. O modelo de bancas examinadoras, compostas por profissionais e empresários do mercado é um destes formatos possíveis. Nossa ideia é que estas bancas possam avaliar os profissionais eu formamos no Senac com uma visão de mercado, real, adaptada ao que os contratantes de fato necessitam”, explica Queiroz.

Dando continuidade ao projeto, no mês de maio, uma delegação técnica liderada por Queiroz viajará para a Alemanha, onde acompanhará in loco a realização de Bancas Avaliadoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *