Lançado o edital do Prêmio Nacional do Turismo 2019

O Ministério do Turismo publicou nesta segunda-feira (02.09) os editais do Prêmio Nacional do Turismo 2019, que tem como objetivo identificar, reconhecer e premiar iniciativas de destaque do turismo e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo no país. Promovida em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT), a premiação, de caráter simbólico, será concedida na forma de troféus. As inscrições seguem até 17 de outubro. Clique aqui para fazer a inscrição

Iniciativas de Destaque

Gestores públicos, privados e representantes da sociedade civil que atuam no setor turístico terão chance de expor ações de vanguarda e conquistar reconhecimento. Serão 11 categorias premiadas: Fortalecimento da Gestão Integrada e Descentralizada do Turismo; Gestão de Dados e Monitoramento no Turismo; Sensibilização, Qualificação, Certificação e Formalização no Turismo; Aproveitamento do Patrimônio Cultural para o Turismo; Aproveitamento do Patrimônio Natural para o Turismo; Turismo de Base Local; Produção Associada ao Turismo; Turismo Social; Tecnologia no Turismo; Marketing e Comercialização do Turismo; Melhoria do Ambiente de Negócios e Atração De Investimentos.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, observa que o Prêmio busca reforçar o engajamento por avanços. “Vivemos um momento único no turismo, com uma série de medidas do governo Bolsonaro que estão dinamizando o aproveitamento do nosso potencial. Isso exige crescente inovação, a fim de garantir boas experiências aos turistas que cada vez mais nos escolhem como destino. O objetivo é não apenas reconhecer ações, mas apontá-las como grandes exemplos a serem seguidos”, frisa.

Podem participar da seleção entidades públicas; instituições do Sistema S, como Sebrae, Senac e Sesi; entidades da sociedade civil organizada; pessoas jurídicas; representantes de grupos coletivos e empreendimentos turísticos. As iniciativas elegíveis devem cumprir os seguintes requisitos: serem aplicáveis especificamente no setor de turismo, apresentar resultados mensurados e efetivos que impactaram o turista e o desenvolvimento do ramo nos últimos 24 meses e não terem sido premiadas anteriormente.

As propostas serão submetidas a uma comissão julgadora, composta por representantes do MTur, do CNT e especialistas nas categorias. O resultado preliminar da etapa de habilitação dos projetos vai ser divulgado em 30 de outubro e o resultado preliminar dos finalistas, dia 21 de novembro. As publicações estarão no site do Ministério do Turismo (www.turismo.gov.br), e o anúncio dos vencedores do Prêmio (primeiro, segundo e terceiro colocados) ocorrerá durante uma cerimônia marcada para o dia 5 de dezembro deste ano, em Belo Horizonte (MG).

Profissionais

O Prêmio Nacional do Turismo também vai condecorar, com medalhas e certificados, profissionais inovadores ou que tenham trabalhado pelo desenvolvimento do setor nos últimos 24 meses. Neste caso, a seleção é a aberta somente a pessoas físicas, nas categorias Academia, Governo (Dirigentes e Técnicos), Empreendedores de Médio e Grande Porte, Micro e Pequenos Empreendedores, Organizações Não Governamentais, Mídias Sociais e Imprensa.

São passíveis de reconhecimento agentes públicos, parlamentares, professores, pesquisadores, cientistas, empresários, profissionais do terceiro setor, jornalistas, blogueiros e influenciadores digitais. A inscrição pode ser feita pelos próprios profissionais ou terceiros, desde que haja confirmação quanto à ciência do indicado, por meio do site www.turismo.gov.br. Os finalistas passarão por uma votação popular, realizada pela internet. A votação popular ficará disponível no sítio do Ministério do Turismo (www.turismo.gov.br) no período de 14 de novembro de 2019 até o dia 1º de dezembro de 2019.

Acervo

Em dezembro do ano passado, o 1º Prêmio Nacional do Turismo, entregue durante uma cerimônia realizada na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, consagrou sete iniciativas que contribuíram para o fortalecimento do mercado de viagens, entre 208 projetos habilitados. Também foram reconhecidos cinco profissionais com atuação destacada na área, que disputaram a votação popular com outros 24 finalistas, num total de 44,2 mil avaliações.

Clique aqui e acesse o edital do Prêmio Nacional do Turismo 2019

Créditos: Texto: André Martins

Foto: Roberto Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *