Hotelaria corporativa terá muitas reaberturas ainda em junho, aponta Fohb

Entidade que congrega 884 hotéis em mais de 200 cidades pelo País, o Fohb (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil) aponta para retorno significante da oferta hoteleira ainda este mês. Dados da organização dão conta de que, dos 60% de leitos que ainda estão indisponíveis no Brasil, 47% vão retomar as atividades em junho. 
 
O índice foi apontado pelo relatório “Oferta e Disponibilidade da Hotelaria”, que fez um quadro da indústria nacional esta semana. Ainda segundo o levantamento, a cidade com mais meios de hospedagem fechados no Brasil é Florianópolis, que tem 81% de sua oferta paralisada. Porto Alegre e Rio de Janeiro, com 80% e 65%, respectivamente, vem logo após no ranking de leitos indisponíveis. 

Um comparativo entre as regiões mostra que Sudeste é a que menos teve oscilação de oferta, com o índice UHs indisponíveis variando entre 55% e 65% ao longo de todo o período de pandemia. Já em regiões como Nordeste e Sul a variação foi mais significativa, com pico de 90% de fechamento no Sul e oscilação de 10% de bloqueio de uma semana para a outra no Nordeste. 
 
O Fohb também tem acompanhado as curvas de fechamentos e aberturas por categoria. Nessa análise, os resorts são os que mais sentem os efeitos do coronavírus. No começo da pandemia por aqui, 100% da oferta estava indisponível e atualmente, dez semanas depois, o índice de fechamento ainda é de 87%. Nas outras classificações (Econômico, Midscale e Upscale) o índice de hotéis fechados não passou de 69%. 

Fonte: Panrotas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *